Home ] ASP ] Egami ] Funakoshi ] Higaonna ] Hironishi ] Itosu ] Mabuni ] Matsumora ] Matsumura ] Miyagi ] Motobu ] [ Murakami ]

Centro de Artes Orientais www.cao.pt


 

Crono Ref.s

Budo Judo Aikido Karate-do

BUDO - BIOGR.'s

KARATE-DO

Tetsuji Murakami

 

Murakami, Tetsuji

*1927 @ Shizuoka, Nihon
†1987 @ Paris, France

Ref.s: [R80a1] [R90b1] [R91a1] [R92a1] [L93b6] [L94a2] [L97b11]

A 31 de Março de 1927 na Prefeitura de Shizuoka, na ilha central do Japão (Honshu), nasce na família Murakami uma criança do sexo masculino a quem é dado o nome próprio de Tetsuji.

Na adolescência, Tetsuji pratica Kendo, disciplina obrigatória nas escolas naquela época.

Em 1946, num Japão emergente da 2ª Guerra Mundial (dois terços da sua cidade natal tinham sido destruídos pelos bombardeamentos) Tetsuji na altura ainda com 19 anos contacta com o Karate-do pela primeira vez. Após três anos de treino "à experiência" com Mestre Masaji Yamagushi (aluno de Mestre Gichin Funakoshi) este decide aceitá-lo como discípulo. Esta década de treino duro mas apaixonante sob a orientação de Yamagushi marcaria profundamente a personalidade do jovem Tetsuji.

Nesse período treina também Kendo, Aikido e Iaido sob a orientação de Minoru Mochizuki, o fundador da Escola Yoseikan.

 


Em 1957, Jim Alcheik, que era aluno de Mestre Mochizuki, formaliza um convite de Henry Plée, que pretendia contratar um Mestre japonês para dar continuidade ao trabalho de Hiroo Mochizuki que tinha ensinado durante um ano na AFAM em Paris.

No dia 3 de Novembro de 1957 Murakami desembarca em Marselha e, para sua surpresa, é-lhe pedido que efectue, logo de seguida, demonstrações nessa cidade, em Avignon e Toulon.

De seguida é levado para Paris onde, sem conhecer uma palavra de qualquer língua europeia, assina com o Sr. Plée um contrato para ensinar na Academie Française des Arts Martiaux (AFAM). Um ano antes, nesse mesmo local - Rue de la Montagne Sainte Genevieve - tinha leccionado ali o seu Mestre Minoru Mochizuki, e poucos meses antes da chegada de Murakami ali leccionara também o seu filho Hiroo Mochizuki.

Durante o ano de 1958, Murakami orienta estágios na AFAM para praticantes provenientes de toda a Europa e Norte de África. Porém, o contrato com a AFAM expira no final de 1958, e só nesse momento se apercebe que assinara um documento que o impede de continuar a ensinar.

Murakami, o primeiro Mestre japonês de Karate a radicar-se em definitivo na Europa, vê-se subitamente no desemprego e os primeiros meses de 1959 constituem um dos períodos mais difíceis da sua vida, já que os seus alunos são incorrectamente informados de que regressara ao Japão.

Na Primavera de 1959 os seus discípulos Claude Hamot, Michel Su e Jacques Fonfred  ajudam o seu Mestre a restabelecer o ensino do Karate, do Kendo e do Aikido num Dojo onde ensinam os Mestres de Judo Mikonosuke Kawaishi e Awazu, situado no Boulevard August Blanqui, em Paris. Murakami chama a esse Dojo Renseikan - "Clube da Prática Correcta".

Apesar da quase reclusão a que se vê votado, o seu elevadíssimo nível técnico sobrepõe-se ao anonimato e, ainda em 1959, Tetsuji Murakami recebe um convite para dar um primeiro estágio fora de França, na Alemanha, a convite de Jürgen Seydel. Ainda nesse ano é convidado por Vernon Bell e pela British Karate Federation para ensinar em Inglaterra (onde continuará a leccionar estágios até 1964).

Embora o seu carácter reservado e austero o leve geralmente a recusar entrevistas, o seu nome acaba por vir para as manchetes no início de 1966 por ter dado aulas (a pedido do seu discípulo Seydel) ao cantor Elvis Prestley que considerou "um aluno empenhado".

Em 1962 dá o seu primeiro estágio em Florença, Itália, a convite de Vladimiro Malatesti e ainda no mesmo ano orienta um estágio na capital de Marrocos, Casablanca a convite do seu aluno Guilletan. Em 1964 viaja para a Jugoslávia onde orienta um estágio na cidade de Petrovac. O seu primeiro estágio na Suíça foi organizado por Samuel Däppen and Silver Weber em 1966.

Nos anos seguintes dividir-se-á entre a prática nos seus Dojos de Paris e em inúmeros estágios por todos esses países: Inglaterra, Irlanda, Alemanha, Bélgica, Itália, Suíça e  Jugoslávia.

Em 1963 reencontra-se por um breve período com aquele que viria a ser um outro grande expoente do Karate-do Shotokai na Europa - Mitsusuke Harada que chega a leccionar durante algum tempo no Dojo que há-de constituir-se como Dojo Central da Murakami-kai - o célebre Dojo da Maison des Jeunes et de la Culture, na Rue de Mercoeur, em Paris.

 


Em 1967 Tetsuji Murakami regressa por uns meses ao Japão, na companhia do seu amigo Tsutomu Oshima. Este apresenta-o ao Mestre Shigeru Egami e durante esse curto período Tetsuji Murakami experimenta uma nova forma de treino e de entendimento do Karate-do.

 Enquanto Paris fervilha na turbulenta Primavera de 68, Murakami empreende também, serena e determinadamente, uma verdadeira revolução no seu método de prática e de ensino, abraçando tanto quanto possível o Keiko de Shigeru Egami.

No Verão de 1969 Tetsuji Murakami resolve criar um Estágio de Verão onde a resistência física e mental possa ser testada até ao limite. Sérignan Plage, no Sul de França é o local escolhido. Desde essa altura Sérignan passa a ser o local de encontro de praticantes de toda a Europa e África que ali se reúnem ano após ano, década após década, até aos dias de hoje.

Em Agosto desse mesmo ano, logo após o 1º estágio de Sérignan, Tetsuji Murakami efectua o seu primeiro estágio em Portugal na Academia de Budo de Lisboa.

Em 1976, a convite de Tetsuji Murakami, Shigeru Egami, na companhia da sua esposa e de Tomoji Miyamoto, efectua uma digressão pela França e Portugal. Impressionado com a vastidão e qualidade do trabalho técnico efectuado, Egami nomeia Murakami responsável técnico do Shotokai na Europa. Os laços de amizade e respeito entre esses dois grandes expoentes do Karate-do mundial estreitam-se ainda mais e em 1978 Egami efectua uma última viagem à Europa visitando, desta feita, França e Itália.

Em Fevereiro de 1981, depois de décadas de doença, morre Shigeru Egami , "o Mestre da minha maturidade". Murakami abandona repentinamente o estágio que estava orientando em Lisboa e segue para o Japão, de forma a assistir ao funeral do seu Mestre e grande Amigo.

Ao regressar a França a sua enorme vitalidade não apresenta sinais de abrandamento, continuando na incansável tarefa anual de orientação de estágios por toda a Europa.

Em finais de 1985, porém, um dos seus alunos mais antigos - Fernando Sarmento, médico de profissão - alarma-se com determinados sintomas que lhe observa e avisa-o de que pode ter um cancro. Ignorando o aviso Murakami insiste na organização de uma viagem ao Japão na companhia de um grande grupo de alunos de vários países. Durante a viagem debate-se com terríveis dores, mas o seu semblante ilumina-se ao reencontrar-se com os compatriotas.

A doença, porém, segue o seu curso inexorável ao longo do ano de 1986.

A 24 de Janeiro de 1987 Tetsuji Murakami morre em Paris, vítima de cancro, sem chegar a completar 60 anos.

In the last day of March, 1927, at Shizuoka Prefecture located in Japan's main Island (Honshu), the Murakami family rejoices with the birth of a male baby. They decide to call him Tetsuji.

In his youth, Tetsuji practices Kendo, which was then an obligatory discipline at school .

In 1946, in a Japan emerging from the Second World War , the 19th year old Tetsuji contacts for the first time with Karate-do. After three years of apprenticeship Master Masaji Yamagushi (a follower of Gichin Funakoshi) decides to accept him as disciple. This decade of hard and passionate train under Yamagushi leadership will mark deeply the personality of the young Tetsuji.

During that period he also trained Kendo, Aikido and Iaido under the lead of Minoru Mochizuki, the founder of the Yoseikan School.

 


In 1957, Jim Alcheik, who was a direct student of Mochizuki Sensei, formally present an invitation, by request of Henry Plée, who wanted to hire a Jjapanese Master to continue teh work of Hiroo Mochizuki, who had taught during one year at AFAM, in Paris.

In the 3rd of November, 1957, Murakami lands at Marseilles and, taken by surprise, he is asked to perform, right away, demonstrations in that town, Avignon and Toulon.

He is then taken to Paris where, ignoring a single word of french, he signs a contract with Henry Plée, to teach in the Academie Française des Arts Martiaux (French Academy of Martial Arts), also know as AFAM.

One year before, in this very same place - Rue de la Montagne Sainte Genevieve - taught his Master Minoru Mochizuki and, only a few months before Murakami's arrival Minoru Mochizuki's son, Hiroo Mochizuki, also instructed there.

Throughout 1958 Murakami leads stages at AFAM for practitioners coming from all around Europe and North of Africa. However the contract with AFAM expires by the end of 1958 and, in that precise moment, he realizes that the document he signed a year ago would prevent him to continue teaching, now.

Murakami, the first Japanese Master to establish permanently in Europe, falls suddenly in unemployment and the first few months of 1959 turned out to be one the hardest periods of his life, since his followers were untruthfully informed that he went back to Japan.

In the Spring of 1959 his disciples Claude Hamot, Michel Su and Jacques Fonfred help him to re-establish his school of Karate, Kendo and Aikido at a Dojo where Judo Masters Mikonosuke Kawaishi (Kawashi) and Awazu are already teaching. Murakami called his first Dojo, located in Boulevard August Blanqui, in Paris, Renseikan - Correct Practice Club.

Despite his condition, not far from seclusion, his excellent technical level overlaps anonymity and he receives an invitation to lead his first stage outside France - in Germany - by Mr. Jürgen Seydel. In that same year he is invited by Vernon Bell from the British Karate Federation to direct a stage in England, where he will continue to lead stages till 1964.

His austere and reserved character generally kept him away from reporters and interviews, however his name appeared in the newspapers in early 1960 when he taught (at request of his pupil Seydel) the famous Elvis Presley who was considered, in his words, "a diligent pupil".

In 1962 he leads his first stage in Firenze, Italy, by invitation of Vladimiro Malatesti and, still in the same year, in the capital of Morocco, Casablanca organized by his follower Guilletan. In 1964 he travels to Yugoslavia where he leads a stage in the town of Petrovac. His first stage in Switzerland was organized by Samuel Däppen and Silver Weber in 1966 .

In the following years he will share his time among his Dojos in Paris and numberless stages in all those countries: Great Britain, Ireland, Germany, Belgium, Italy, Switzerland and  Yugoslavia.

In 1963 he meets, for a short period, with a man that was meant to be another great exponent of Karate-do Shotokai in Europe - Mitsusuke Harada - who even lectured for some time at the Dojo which is meant to become the Central Headquarters of Murakami-kai, the Maison des Jeunes et de la Culture, at Rue de Mercoeur, in Paris.

 


In 1967 he will return to Japan for a couple of months in the company of his friend Tsutomu Oshima, who presents him to Master Shigeru Egami. There, he experiences a new way of training and understanding Karate-do.

While outside in Paris, the tumultuous 68's Spring occurs, Murakami alone in his small dojo also faces, calmly but determinedly, a real revolution in his way of practising and teaching, striving to assimilate, as much as possible, Shigeru Egami's keiko.

In the summer of 1969, Murakami decides to create a Summer Stage, to test physical and mental resistance to the limit. Sérignan Plage, in the South of France is the chosen place. Since then Sérignan became the meeting point of practitioners from all Europe and Africa that will meet there, year after year, decade after decade, till nowadays.

In August of the same year, just after Sérignan, Tetsuji Murakami, leads his first stage in Portugal, at Academia de Budo in Lisbon.

In 1976, by invitation of Murakami, Shigeru Egami, his spouse and Tomoji Miyamoto, make a digression to Europe visiting France and Portugal. Impressed by the vastness and quality of the technical work, Egami nominates Murakami Shotokai's Technical Responsible for Europe. The friendship and respect bonds between these two big exponents of Karate-do's world, reinforced even more and, in 1978, Egami accomplishes another trip to Europe, this time visiting France and Italy.

In February 1981, after several decades of illness, Shigeru Egami the man who was called by Murakami "my maturity's Master", passed away. Murakami abandons suddenly the stage that he was performing at Lisbon and he rushes to Japan, to assist to the funeral of his Master and great Friend.

Coming back to France his vitality shows no sign of relenting - he proceed with the tireless mission of leading stages all around Europe.

Nevertheless, by the end of 1985, one of his older followers - Fernando Sarmento, a portuguese physician - becomes alarmed with some symptoms he observes and advises him to take care of his health, since a cancer may be in progress. Appearing to disregard the advice he insists to organize a trip to Japan, in the company of a huge number of students from many countries. During the trip he fights against terrible pain, but his face lights up when he meets his fellow-countrymen.

However, throughout 1986, the illness followed its inexorable course.

In the 24th of January, 1987 Tetsuji Murakami dies in Paris, victim of cancer. He wasn't able to complete his 60th anniversary.

(Última actualização/Last update: 07-12-2012)

© Copyright José Patrão, 1997- 2006

 

Nota Importante:

Important Notice:

O autor tem plena consciência de que as biografias aqui apresentadas são incompletas, que o grau de desenvolvimento que possuem não é de modo algum compatível com a importância de muitas das personalidades a que se referem e que muitas e importantes personalidades do mundo do Budo ainda não estão aqui referidas. Além disso, sendo um praticante português de Karate-do Shotokai, Murakami-kai, é natural que o autor esteja mais familiarizado com as biografias de personalidades desse estilo e escola e que, consequentemente, sejam as personalidades dessa linha que aqui apareçam referenciadas em primeiro lugar e com maior detalhe. O autor espera sinceramente que as omissões deste trabalho possam encorajar o leitor não só a investigar mais profundamente, com recurso às referências bibliográficas que se apresentam, e a outras, mas também a contribuir com as suas sugestões e correcções para o aperfeiçoamento deste trabalho.

The author has full awareness that the biographies here presented are incomplete, that the degree of development is not, by no means, compatible with the importance of many of the personalities presented and that many and important personalities of the world of the Budo are still not related here. Moreover, being a Portuguese practitioner of Karate-do Shotokai, Murakami-kai, it is natural that the author is more familiar with the biographies of personalities of this style and school and that the personalities of this current appear here in first place and with bigger detail. The author waits sincerely that the defaults of this work can encourage the reader not only to investigate more deeply, through the bibliographical references presented here, and externally, but also to contribute with suggestions and corrections for the perfectioning of this work.